Capa / Destaque de notícias / Técnicas de negociação infalíveis e Linguagem Corporal nas negociações

Técnicas de negociação infalíveis e Linguagem Corporal nas negociações

Uma coisa que pode ajudar bastante nesse processo é o uso de técnicas de negociação.

Se usadas corretamente, elas podem agilizar muito a venda e levar a uma conclusão que seja vantajosa tanto para o cliente quanto para o vendedor.

As técnicas de negociação que abordaremos aqui são recomendadas por vendedores de sucesso e baseadas em experiências práticas, e você seguramente vai se identificar com alguma!

Preparamos uma apresentação com as principais dicas desse artigo. Confira a apresentação clique aqui!!!.

A linguagem corporal em vendas pode ser uma importante vantagem nas negociações, veja como tirar proveito dela

Dizem que a negociação é a arma dos grandes vendedores. Saber negociar é, para muitos, um diferencial único para conseguir inovar e implementar grandes avanços.

Podemos parar e pensar, por exemplo, no estilo duro de Jeff Bezos se posicionar ao fazer contratos para a Amazon junto a grandes editoras e livrarias, para que ele possa ter as melhores condições de vendas de livros, seja para o Kindle ou em versão impressa.

Dicas de linguagem corporal em vendas

O estilo de Steve Jobs de fazer exigências sigilosas até na contratação de funcionários para que seus lançamentos e invenções não fossem descobertos antes da hora diz muito sobre ele.

No outro lado da ponta, temos até Vito Corleone, com a célebre frase “vou fazer uma proposta que você não pode recusar”, que mostra a sua maneira única e peculiar de negociar com parceiros e até mesmo concorrentes.

Mas existe um fator muito importante quando o assunto é negociação, e muitos se esquecem disso: a linguagem corporal.

Certamente os maiores negociadores do mundo não deixaram passar desapercebida a postura e o comportamento corporal de seus oponentes e negociadores durante uma conversa séria.

A linguagem corporal diz muito sobre a intenção da pessoa, sobre o que ela pensa e, principalmente, sobre o que está sentindo.

Não tem como ler a linguagem corporal de uma pessoa por completo, uma vez que em poucos segundos emitimos milhares de microexpressões que podem, se “diagnosticadas” de maneira errada, significar coisas completamente diferentes.

Mas a grande verdade é que ter uma noção sobre a linguagem corporal pode valer como uma pequena vantagem a nosso favor durante as negociações.

E, quando falamos em vendas, qualquer vantagem que possamos ter para compreender melhor nossos potenciais clientes, melhor.

Antes de mais nada, não acreditamos que a mesa de negociação é uma mesa de conflito. Nós acreditamos que a negociação é o momento em que cliente e empresa podem conhecer um pouco mais sobre seus trabalhos e um pouco mais sobre quem são, além de alinhar expectativas, dúvidas e promessas.

Uma boa negociação é feita com relacionamento – quando vendedores sabem o que seus potenciais clientes esperam e, por isso, deixam claro o que podem fazer por eles.

Mas, muitas vezes, as pessoas deixam outras expectativas e vontades de lado, ou não mencionam sobre elas.

É nesse momento que precisamos usar as dicas de linguagem corporal para entender um pouco mais do que se passa com nossos clientes.

Lembre-se de que a negociação não é apenas sobre algo que você diz. Há uma grande quantidade de informações valiosas escondidas nos gestos e expressões faciais das pessoas.

Especialistas dizem que o comportamento corporal das pessoas responde por mais de 90% da nossa impressão delas e supera as palavras que usam. Acontece que há momentos em que não nos damos conta disso e achamos que nossas impressões são fruto do instinto ou “uma pulga atrás da orelha”.

Com isso em mente, aqui estão 3 dicas sobre linguagem corporal não tão óbvias que podem ajudá-lo a ter vantagem e entender melhor o que seus potenciais clientes esperam de você em sua próxima negociação.

Clique aqui e assista uma apresentação

Fonte: Agendor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIAMFESP